Pôquer no Brasil: muito mais do que um jogo

Desde a primeira vez que ouvimos falar em pôquer, o famoso jogo de cartas assumiu grande importância na comunidade dos esportes – sim, você não leu errado. O pôquer já não se trata somente de um simples jogo que encontrávamos apenas nos cassinos. Hoje, ele é visto como um esporte da mente devido à sua grande complexidade.

Apesar de não se saber muito sobre sua origem, a história conta que a versão mais atual do jogo de cartas surgiu por volta de 1930, nos Estados Unidos. No entanto, o pôquer só começou a ganhar reconhecimento perante os brasileiros no começo do século 21.

Desde então, vem conquistando milhões de entusiastas por todo o país, contando já com mais de 6 milhões de jogadores. Esse crescimento deve-se, em grande parte, ao aparecimento do jogo em cassinos online, tendo esse sido um dos momentos mais marcantes da sua história.

Foi, portanto, com a difusão das várias modalidades de pôquer no mundo online, que surgiu, em 2009, a primeira entidade responsável pelo jogo no país. Conhecida como CBTH (Confederação Brasileira de Texas Hold’em), ela foi responsável por abrir algumas das portas para o reconhecimento do pôquer como um esporte, e não apenas um simples jogo de cartas.

Atualmente, o pôquer no Brasil é bastante procurado no universo dos cassinos online, seja apenas como diversão ou mesmo para participar de torneios com outros jogadores. Existem, inclusive, sites de cassinos que disponibilizam torneios e jogos ao vivo, possibilitando que os usuários usufruam de uma experiência única e diferente da habitual do mundo online. Se você deseja saber mais sobre esse tema, clique aqui e aprenda como jogar essa modalidade tão tradicional.

Nomes que marcaram a história

Vale lembrar que a internet não veio somente enaltecer a importância do pôquer enquanto esporte, mas também possibilitou o reconhecimento de vários jogadores em todo o Brasil – e no mundo também. Entre os mais prestigiados, encontramos Alexandre Gomes, que conquistou o primeiro título mundial de pôquer em um dos torneios mais consagrados desse universo – o World Series of Poker. Filipe Mojave é outro nome de grande destaque, sendo considerado um dos pioneiros do pôquer na América Latina. Mojave chegou, inclusive, a ganhar os prêmios de "Jogador Mais Inspirador do Mundo" e "Jogador Premiado em Mais Países" em uma só temporada.  

No entanto, se você pensa que esse é um universo liderado pelos homens, está enganado. As mulheres também reinam no mundo das cartas, e Dayane Kotoviezy é o maior exemplo disso. Além de ser uma das embaixadoras do esporte no país, a curitibana se encontra entre as dez melhores no ranking do Global Poker Index. Além dela, a paulista Vivian Saliba também vem conquistando prêmios nas mesas de jogo em todo o mundo.

Na verdade, o pôquer é um esporte que não depende de gênero. Além disso, você não precisa se tornar um profissional para se divertir. É por esse motivo que os cassinos online são tão interessantes: eles possibilitam a qualquer pessoa, em qualquer lugar, se aprofundar na modalidade e se entreter com isso.

Foto: Pixabay

Publicado às 11h44

Receba notícias pelo celular clicando em www.circuitodenoticias.com.br/whatsapp e nos dê um oi para o cadastro