Serra Negra fecha o comércio a partir de segunda-feira

O prefeito de Serra Negra, Sidney Ferraresso assinou na tarde de hoje, 3/7, o decreto 5.068, que dispõe sobre a suspensão da abertura e funcionamento do comércio varejista e lojas, atividades imobiliárias e escritórios.

O decreto suspende a vigência do decreto 5.059, enquanto durar a Fase Vermelha, fixada pelo Governo do Estado de São Paulo, do Plano SP, para a região de Campinas, da qual a cidade faz parte.

Ele passa a valer a partir de segunda-feira, 6/7. O anúncio foi feito nesta sexta-feira e somente comércios essenciais poderão abrir. Mantém-se a obrigação do uso de máscaras, com multa para quem desrespeitar.

Confira os serviços essenciais

- Assistência em saúde (hospitais, clínicas médicas, óticas, etc);
- Segurança privada;
- Transporte por táxi e aplicativos;
- Bares e restaurantes exclusivamente com entrega e drive-thru;
- Comércio exclusivamente com entregas;
- Setor de alimentação (como mercados e padarias);
- Bancos e lotéricas;
- Indústrias e fábricas (com restrição de 30% da capacidade nos refeitórios);
- Hotéis e pousadas;
- Lavanderias;
- Postos de combustíveis;
- Oficinas, borracharias e serviços de manutenção de veículos;
- Bens e serviços automotivos (concessionárias de carros, por exemplo);
- Transportadoras;
- Construção civil;
- Serviços veterinários;
- Manutenção predial;
- Lojas de material de construção;
- Produção agropecuária;
- Igrejas e cultos religiosos;
- Cadeia de produção e logística da agropecuária;
- Atividades administrativas da Prefeitura.

Publicado às 17h21

Receba notícias pelo celular clicando em www.circuitodenoticias.com.br/whatsapp e nos dê um oi para o cadastro