Inverno em Socorro - destino aconchegante fora do "burburinho"

Belo visual da montanha, baixas temperaturas, lareira, variedade de acomodações e restaurantes e muita aventura

Que tal curtir o frio longe do burburinho das cidades que nessa época viram point? A sugestão é descobrir os atrativos da Estância Hidromineral de Socorro – cidade turística localizada no interior de São Paulo, referência em ecoturismo e aventura.

O belo visual montanhoso da Serra da Mantiqueira e o clima frio - neste mês de julho deve chegar a mínimas de 4 graus Celsius – são a combinação perfeita. Devido à altitude, o inverno na região tem temperaturas baixas, com frequente névoa no começo da manhã e geada. “O frio de Socorro é maravilhoso e ainda temos a vantagem de estarmos sendo descobertos nesta época, o que garante um passeio mais calmo, sem filas e trânsito pela cidade”, afirma Ana Luiza Russo, presidente da Associação de Turismo da Estância de Socorro (ASTUR).

O município é um destino completo, com ótimas hospedagens, gastronomia variada, aventura e muitas compras, que vão deixar o frio ainda mais atraente seja para um “bate e volta” ou uma viagem prolongada. Versátil, é roteiro certo para turma de amigos, casais, famílias com crianças ou pets e pessoas com mobilidade reduzida, já que a cidade é pet friendly e referência em acessibilidade.

Entre as hospedagens - que variam entre o conforto de um hotel, a animação de um hotel fazenda, a versatilidade de uma pousada e a praticidade de um hostel – basta escolher a que melhor atente as necessidades. E, em algumas delas, ainda é possível usufruir do calor da lareira.

Friozinho pede uma boa comida, né? Em Socorro, tem café da manhã farto, comida caseira e com produtos artesanais, almoço em meio à natureza, café da tarde caipira e chocolate quente. Mas, não faltam a comida contemporânea, o bom e velho hambúrguer, nem a tradicional pizza. A típica comida da fazenda é muito presente e a gastronomia tem influência italiana, devido aos primeiros imigrantes.

A dica é experimentar a tilápia, que pode ser pescada na hora em um pesqueiro, ou apreciada inteira ou isca, frita ou como a famosa pipoca de tilápia. As plantações de café também são um bom passeio e ainda rendem um delicioso cafezinho da fazenda, feito na hora.

A “cidade aventura” tem atividades na terra, ar e água - como por exemplo boia cross, canoagem, cavalgada, escalada, rafting, rapel, trilhas, trekking, voo livre e tirolesa – que estão à disposição para os aventureiros. O Rio do Peixe, que atravessa todo o município, abriga a maioria dos esportes de água e vale a visita.

O turismo é o carro chefe de Socorro. “Estamos todos empenhados em oferecer o melhor para os turistas neste momento. Uma rígida cartilha com os protocolos é a base dos cuidados que devem ser praticados para garantir uma experiência segura e memorável, afirma Ana Luiza Russo, presidente da Associação de Turismo da Estância de Socorro (ASTUR).

ASTUR - A Associação de Turismo da Estância de Socorro – SP, que tem como objetivo a promoção de ações para o desenvolvimento sustentável das empresas associadas e o fomento do turismo de Socorro, sempre em consonância com o COMTUR da cidade. Na “Estância Hidromineral” – status conquistado por cumprir determinados pré-requisitos definidos por Lei Estadual, o que também dá o direito ao município de agregá-lo ao nome -, atualmente, são 60 associados na área de hospedagem, ecoturismo e atividades de aventura, gastronomia e compras.

A distância entre "você" a a "aventura"

Campinas - 110km

São José dos Campos - 156,6km

São Paulo - 135Km

Sorocaba - 190km

Santos - 200km

Ribeirão Preto - 265Km

Com informações de VGCOM

Publicado às 9h56

Receba notícias pelo celular clicando em www.circuitodenoticias.com.br/whatsapp e nos dê um oi para o cadastro