Logo

FATEC

Socorro - Geral

Mudas plantadas nas nascentes do Rio do Peixe recebem cuidados

Há pouco mais de um ano foi dado início ao projeto “Restauração Florestal de nascentes e córregos afluentes do Rio do Peixe”, executado pela Associação Ambientalista Copaíba, com recurso financeiro do FEHIDRO (Fundo Estadual de Recursos Hídricos do Estado de São Paulo), através do Comitê de Bacia Hidrográfica do Rio Mogi Guaçu.

Esse projeto tem como objetivo contribuir para a restauração das matas ciliares da bacia do Rio do Peixe, importante afluente do Rio Mogi Guaçu. Para a execução desse trabalho, a Copaíba conta com o apoio do Programa Clickarvore da Fundação SOS Mata Atlântica.

O plantio das mudas nativas foi iniciado já há algum tempo e, em breve, terá uma nova etapa. Mas as mudas que já estão plantadas precisam de cuidados e a equipe técnica da Copaíba está acompanhando as atividades de manutenção que finalizam essa semana.

Para que as mudas plantadas se desenvolvam bem são necessários algumas ações periódicas, como o controle das formigas cortadeiras e controle do capim, que compete com a muda nativa. Além disso, as mudas de árvores são adubadas para poderem crescerem fortes e saudáveis.

No total serão plantadas mais de 16 mil mudas de árvores nativas da Mata Atlântica que contribuirão para a restauração de 10 hectares, no entorno de três nascentes e nas margens de três córregos afluentes do rio do Peixe.

Essas e outras atividades da Copaíba podem ser acompanhadas também pelo facebook.com/associacaoambientalistacopaiba.

Publicado em 23/5/17, ás 23h08


Notícias Relacionadas