Empresa investirá 200 milhões de dólares em Jaguariúna

Com investimentos de US$ 200 milhões ao longo de cinco anos e a expectativa de que a produção, a ser iniciada em 2020, gere 1.000 empregos na cidade, pelo menos 150 só para engenheiros, a multinacional norte-americana Qualcomm Technologies se uniu à Universal Semiconductor Inc (USI), de Taiwan, e implantará em Jaguariúna sua primeira unidade para fabricar semicondutores de alta densidade no Brasil. A expectativa de faturamento é de R$ 2 bilhões ao ano.

O anúncio foi feito na manhã desta quinta-feira, 14 de março, no gabinete do prefeito Gustavo Reis, que estava acompanhado do representante da USI, Albert Liu, e pelo secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Social, Valdir Oliveira. Os semicondutores que serão desenvolvidos em Jaguariúna têm tecnologia que reúne em uma só peça componentes como CPU, processador gráfico, modem 3G e 4G, GPS e Wi-fi.

A conquista coloca o município em destaque na RMC (Região Metropolitana de Campinas) e teve suporte da InvestSP (Agência Paulista de Promoção de Investimentos e Competitividade), que foi representada por Fernando Fritz Nestler (gerente de investimentos) e Jose Pedro Fittipaldi (gerente ambiental). O prefeito Gustavo Reis destacou o auxílio do governo estadual nessa conquista.

“Trabalhamos muito e em conjunto para trazer a Qualcomm a Jaguariúna e é um prazer anunciar mais essa conquista para nossa cidade, principalmente em relação ao que ela representará para a economia do município”, disse o prefeito, que lembrou, inclusive, uma recente conversa com o governador João Dória, quando reforçou, na ocasião, o pedido a fim de garantir a vinda da empresa à cidade.

A instalação da fábrica tem incentivos estaduais, como redução de PIS/Cofins. Conforme executivos da empresa, a fábrica em Jaguariúna ajudará a reduzir o custo de 20 bilhões de dólares que o governo brasileiro gasta para trazer semicondutores importados ao país.

Participaram da cerimônia as seguintes autoridades e convidados: vereadores Walter Luiz Tozzi de Carmargo (Waltinho/presidente da Câmara Municipal), Afonso Lopes da Silva (Silva), Inalda Lúcio de Barros Santana (Inalda Cabeleireira), Cássia Murer Montagner (Cássia Murer/vice-presidente), Cristiano José Cecon (Cristiano Cecon), José Muniz (Zé Muniz) e Romilson Nascimento Silva (Romilson), além do presidente da ACIJ (Associação Comercial e Industrial de Jaguariúna), João Rodrigues dos Santos.

Um pouco sobre a Qualcomm

É uma empresa norte-americana, fundada em 1985, que produz os chips dos celulares de tecnologia CDMA e W-CDMA. A empresa também é responsável pelo cliente de E-mail Eudora e pela plataforma de criação de aplicativos para celulares Brew.

Atualmente, a companhia conta com mais de 170 escritórios em mais de 40 países. A Qualcomm chegou ao Brasil em 1995 para concorrer com empresas como Motorola e Ericsson, mas rapidamente expandiu os negócios para estabelecer parcerias com operadoras de telefonia.

É proprietária da marca Snapdragon, que produz processadores para smartphones, teve uma parceria com a Tectoy na produção do console de videogame Zeebo e em outubro de 2016 adquiriu a NXP Semiconductors, pagando 47 bilhões de dólares.

O objetivo é desenvolver tecnologias para criar comunicações de qualidade, o que fez da companhia, nas últimas décadas, uma das líderes mundiais na fabricação de chips e soluções tecnológicas para comunicação móvel.

Sobre a USI

A USI é uma empresa global líder em ODM/EMS que fornece design, miniaturização, fornecimento de material, manufatura, logística e serviços de dispositivos e módulos eletrônicos para proprietários de marcas. A USI é membro do ASE Group e está listada na Bolsa de Valores de Xangai em 2012.

Tem muitos anos de experiência na indústria de serviços de fabricação de eletrônicos e aproveita a tecnologia líder do setor do ASE Group, que permite à USI oferecer ao cliente diversificação de produtos: os setores de comunicação sem fio, computador e armazenamento, eletrônicos de consumo, industriais e automotivos em todo o mundo.

Através da rede de serviços de vendas na América do Norte, Europa, Japão, China, Taiwan e fábricas na China, Taiwan e México. A USI tem cerca de 15 mil pessoas em todo o mundo. Para mais informações, visite o site www.usish.com

Com informações de Aluízio Santanna

Publicado às 19 horas