Fecha Corpo acontece no feriado em Monte Alegre do Sul

Desde 1948, a pinga com ervas garante saúde e protege contra o mau-olhado. A tradição cresceu e se espalhou pelos alambiques da cidade.

É Sexta-feira Santa. O dia ainda nem amanheceu em Monte Alegre do Sul, cidade do Circuito das Águas Paulista a 130km de São Paulo. Bem cedinho, a partir das 6h da manhã, a Praça Bom Jesus fica tomada. É hora de seguir a tradição septuagenária de “fechar o corpo”, tomando, em jejum, a famosa mistura de pinga com guiné ou arruda acompanhada por um pãozinho com aliche.

A tradição começou em 1948, quando o monte-alegrense “Seu Zezé Valente” estava doente e tomou a receita que aprendera com a escrava Nhá Sabá: um remédio para "fechar o corpo" contra mau olhado, inveja e doenças.

Quando a saúde melhorou, estava claro que a simpatia havia funcionado.

Durante a quaresma, período de reflexão para a igreja católica, a guiné e arruda, usadas nas religiões africanas para proteção contra energias negativas caem muito bem. Tradições se misturam respeitosamente, criando uma religiosidade única.

Desde 1948, a pinga com ervas garante saúde e protege contra o mau-olhado. O Fecha Corpo protege, mas também apresenta e valoriza a qualidade da cachaça monte-alegrense. Além dos bares e estabelecimentos, os alambiques e pesqueiros da cidade também participam da festa que homenageia uma tradição e desenvolve a economia do município.

Confira os estabelecimentos participantes em: www.montealegredosul.tur.br

Confirme sua presença no evento do Facebook: https://www.facebook.com/events/411028026140402/

Com informações de Caio Araújo

Publicado às 8h16

Receba notícias pelo celular clicando em www.circuitodenoticias.com.br/whatsapp e nos dê um oi para o cadastro.